Inhame, o caule que dá fim à dengue

I-nha-me não é só ótimo para ser pronunciado, mas também para ser consumido. E em larga escala. Ele é considerado um rizoma, espécie de caule modificado. Lembra um pouco a mandioca, mas a ação do produto no corpo é diferente e infinitamente superior ao da raiz saudada recentemente pela presidenta Dilma. Pois é, Dilma, a senhora trate de saudar o inhame da próxima vez.

O produto é altamente indicado no tratamento da dengue, que teve uma de suas maiores epidemias nos últimos meses. Por este motivo, o inhame nunca esteve tão em alta como agora.

– Ah, mas ele tem gosto péssimo! Como faço pra ingerir?

É só bater o inhame no liquidificador junto com frutas e legumes variados e fazer um dos sucos mais saudáveis possíveis. Assim não dá nem para sentir o gosto “ruim”. Em casa, já deu para usar a criatividade e fazer várias misturas. Só para citar alguns exemplos: inhame com laranja, maçã, banana, goiaba, pêra, kiwi, beterraba, couve, gengibre. No hortifruti, há uma infinidade de frutas e vegetais. É só fechar o olho, colocar algumas dentro do carrinho, cortar pequenos pedaços, bater no liquidificador e ver quais misturas se enquadram mais ao paladar. Nu suco abaixo, por exemplo, tem inhame, goiaba, laranja e maçã.

Suco

Mas quais são os benefícios mágicos do inhame de fato? Do que eu considero mais importante para o menos importante:

1- Fortalece o sistema imunológico, que é simplesmente a defesa do nosso organismo contra doenças. Se o inhame é consumido com frequência, há grandes chances da picada do mosquito Aedes aegypti não ter efeito algum, neutralizando o agente causador da doença. Para quem já está “dengoso”, também deve-se ter muito inhame na dieta, porque ele ajuda a elevar o nível das plaquetas, células sanguíneas que caem drasticamente com a enfermidade, deixando a vítima com fraqueza excessiva e suscetível ao agravamento da dengue.

2- Limpa o sangue, fazendo muitas impurezas saírem através da pele, dos rins e do intestino e sendo um dos alimentos medicinais mais eficientes que se conhece.

3- Reduz o risco de doença cardíaca. Sendo boa fonte de vitamina B6, ajuda a eliminar uma substância que corrói os vasos sanguíneos chamada homocisteína.

4- Ajuda a controlar o peso. Por ser rico em fibras, dá sensação de saciedade, além de retardar a taxa com que os açúcares são eliminados e absorvidos pela corrente sanguínea.

5- Ajuda a controlar a menopausa por ser uma boa alternativa à reposição de hormônios.

Está explicado o motivo desse caule rechonchudo e feio ser tão saudável? Tenha sempre inhame em casa!

P.S.: caso tenha inhame de sobra, é possível assá-lo como batata chips. Eu já fiz isso e ficou gostoso. É só cortar em fatias fininhas, lavar, secar bem (de preferência com um pano porque o inhame é bem babento), colocar um pouco de azeite e sal e levar ao forno em uma assadeira. Deixe assar até ficar uma aparência dourada e bem crocante. Parece batata mesmo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s