No ringue: nutrição X blogueiros fitness

Este é um post necessário. Vou abrir mão de saudar algum alimento em específico e vou filosofar sobre a nutrição. Sobre o real significado da palavra “nutrição”, o que é, como age, como deve ser interpretada, seus vários leques e sua ligação com a saúde. Hoje, no Globo Repórter (brincadeirinha).

Globo-Reporter-Sergio-Chapelin

E vai ser uma nutrição que não tem nada a ver com os pratos da Bela Gil ou com a rotina fitness mesmo gravidíssima da Bella Falconi. Ambas são belíssimas sim, mas vou tentar desmistificar a ideia de que uma boa alimentação depende de você acordar comendo granola natural e comer uma barrinha de whey protein de lanche da tarde. Nada contra quem é adepto, mas o mundo é mais colorido lá fora (fora do Instagram).

11897122_10204786446077249_1863107089_n

Antes de mais nada, nutrição está relacionada com o comportamento alimentar. Este processo são as “formas de convívio com o alimento […] constitui um conjunto de ações realizadas com relação ao alimento, que tem início com o momento de decisão, disponibilidade, modo de preparo, utensílios, horário e divisão da alimentação nas refeições do dia” (PHILIPPI, 1999). (Olha só que chiquérrimo eu seguindo as normas da ABNT e citando pensadores).

Depende de mais o quê? De fatores como religião, cultura, ciência, tecnologia e principalmente das relações sociais do indivíduo.

Posto isso na mesa, não dá pra formular um cardápio para uma pessoa de forma aleatória. Todos esses “estudos de campo” citados acima devem ser analisados. Por isso, coleguinha, pode ir tirando seu cavalinho da chuva se você acha que pode pedir para o nutri uma lista de alimentos para o dia-a-dia, obter um cardápio pronto em menos de três minutos e emagrecer em uma semana.

Nutrição não é a ciência do emagrecimento. Ou do corpo escultural. Ou das comidas integrais. Ou das dietas malucas, que, na verdade, não têm efeito algum, pelo menos a longo prazo. As dietas milagrosas que pregam a perda de 8 kg em um semana caem todas por terra. A não ser que você fique sete dias só tomando água.

Nutrição, minha gente, é conseguir se manter saudável a longo prazo e fornecer ao corpo o que ele precisa para viver bem. Estes são hábitos que devem acompanhar o ser humano SEMPRE e que levam em consideração muitos fatores além da alimentação em si.

A maneira como você come, se você senta, onde senta, com quem senta, sozinho, acompanhado, ambiente, barulho, calmo, amigável, pressa, calma. Todos esses fatores devem ser levados em consideração. E não é tão difícil abrir um espacinho na sua agenda corrida do dia para dedicar um pouco mais de atenção às suas refeições. O mais complicado é abrir sua mente e criar uma conduta que regre sua alimentação e não deixe você extrapolar. Trabalhar o psicológico é o passo mais difícil, ainda mais se levarmos em consideração aspectos culturais, socioeconômicos ou tradicionais.

Não sou favorável às dietas restritivas que colocam o paciente para comer uma fruta e uma torrada integral no café da manhã e uma salada no almoço. Claro, estou falando da população em geral e descartando casos médicos ou atletas, por exemplo.

Cada um é cada um. A dieta que funciona pra Ciclano pode não funcionar pra Beltrano. E aqui vale lembrar que a palavra “dieta” está sendo usada no sentido de hábito alimentar, indiferente se é para emagrecimento ou ganho de peso.

Tem corpo que gosta de acordar com uma tapioca de peito de peru, um mamão e um iogurte orgânico. Ótimo. Mas tem corpo que gosta de acordar com um pãozinho com manteiga, leite com café e uma maçã. Maravilha também. Isso não é questão de certo ou errado. Em nutrição, não é sob essa dicotomia que os alimentos devem ser observados. E sim o que eles fazem a partir do momento em que entram no seu organismo ou o que o seu corpo precisa para sobreviver.

Essa história de “seu corpo, seu templo”, “foco, força e fé” e madrugar pra correr no Ibira é maravilhosa. Isso se o praticante está feliz com ela. Mas não é regra básica para ter uma alimentação saudável e muito menos o “corpo ideal”. Por isso que eu uso a hashtag #semterrorismo em todas as postagens do Vício Saúde no Instagram. Porque é sem terrorismo mesmo. Ou pelo menos é assim que deveria ser.

resize-240x177_prato

Se você quer cozinhar uma granola natural com aveia, quinoa, óleo de coco e semente de abóbora de vez em quando, a experiência vai ser ótima. Mas não precisa achar que comer a granola em saquinho, apesar de ser processada, vai ser responsável por um futuro câncer intestinal.

Ou ainda você pode incluir no seu cardápio arroz integral com lentilha, mas não precisa achar que o arroz branco com feijão (que pra mim é a melhor combinação DO MUNDO…que mané queijo com goiabada que nada!) não faz bem. Quem disse que arroz com feijão deve ser evitado? Se algum ser falou isso, eu preciso ter uma conversa seríssima com ele.

“Ah, mas eu prefiro trocar o feijão por outras leguminosas, como a lentilha e as ervilhas”. Parabéns, você fez uma boa escolha, mas nenhum é melhor que o outro aqui. Tem espaço pra todo mundo e todos devem ser contemplados.

Eu mesmo fiz um bolo de banana fitness esses dias (que até postei no blog), mas isso quer dizer que eu devo comer isso pra sempre? Claro que não, sou muito mais um bolo de banana “normal”, com farinha e leite, do que o integral, com aveia e açúcar orgânico.

E o frango com batata doce? É ótimo, principalmente se você gostar. Mas é necessário pra alcançar o corpo ideal em sete dias e sete noites? Não. Existe uma variedade de alimentos e eles não gostam de ser ignorados, pois ficam #chatiados.

Mais uma vez, saliento que estou me direcionando para a população em geral. O cara que vive do atletismo deve ter seu cardápio próprio e muito bem respeitado se quer continuar ganhando dinheiro com isso. Mas nem todos são atletas.

Mulheres, nem todas precisam se expor a dietas ridículas, que talvez tenham efeito a curto prazo, mas não a longo. Depois, o corpo volta ao ritmo original.

Por isso, mudar o conceito de que nutrição é emagrecer é necessário e urgente. Nutrição é você controlar sua alimentação para sempre e viver feliz com o corpo que te agrade, seja ele magrinho ou gordinho. Claro, não estou considerando casos de doenças cardíacas, hipertensão, obesidade, diabetes e tantas outras que exigem uma mudança de dieta mais drástica.

Não é relevante se você come pizza ou sorvete de vez em quando, o importante é não deixar de nutrir seu corpo com o que ele precisa de fato, que são legumes, verduras, frutas, carnes, grãos, leguminosas e por aí vai. Esse é o desafio da boa alimentação: equilibrar tudo o que é ingerido e não se proibir de comer uma macarronada nos fins de semana. Ou uma feijoada. Ou uma tigela de açaí. Ou um X-salada. Tá, parei.

macarrao_low

Chamo agora para o ringue quem pregar o contrário do que eu disse. Nesse contexto, o mundo das blogueiras fitness às vezes é perigoso. Nem sempre, mas às vezes. Muitas mulheres, por exemplo, veem os corpos esculturais e projetam o mesmo para si, sem necessidade. Saúde não está relacionada com o peso diretamente. Parece bobeira focar nisso, mas é um caso sério. Tem gente que adquire transtornos psicológicos por não conseguir aquele corpo escultural. E pior, quem tem esse corpo algumas vezes acha que ele é padrão. Padrão é ter uma sociedade saudável e não complexada. Ponto.

Abaixo a ditadura das blogueiras fitness!

Gente, não quero ter inimigos, mas quem se encaixa nas mentalidades absurdas e opressoras que eu descrevi acima precisa rever seus conceitos. Não estou criticando blogs que incentivam bons hábitos alimentares. Tanto que o meu blog é assim. Só critico quem acha que o mundo se trata de jantar rabanete todo dia e que, por conta de seus hábitos específicos, está no topo da cadeia alimentar. Só lamento.

E isso não acontece só com mulheres. Homens também estão ocupando um espaço perigoso na internet no que diz respeito a ditar regras nutricionais sem uma especialização para isso.

SEM TERRORISMO. O terrorismo afasta pessoas que têm interesse em se alimentar melhor, mas que acham que, pra isso, vão ter que mudar completamente seu hábito alimentar. E não é só assim que funciona. Blogueiros, vamos parar de assustar o mundo! E todo mundo, bora comer o bolinho de chuva da avó.

Anúncios

Receita de bolo de banana fitness

Me aventurei a fazer um bolo de banana fitness e o resultado ficou ó…uma delícia! Vide foto. A diferença para os bolos tradicionais é que esse não inclui farinha e leite.

A receita eu vi no Instagram da nutricionista Fernanda Tirone e até compartilhei uma foto e um vídeo no Instagram do Vício Saúde (@viciosaude).

– 6 bananas nanicas

– 2 xícaras de chá de aveia

– 1 xícara de chá de uva passa

– 1 xícara de chá de açúcar demerara

– 3 ovos

– 1 colher de sopa de pó royal

Amasse as bananas e misture os outros ingredientes em uma vasilha separada. Depois misture as bananas amassadas com os demais ingredientes, acrescentando por último o pó royal.

Coloque tudo numa assadeira untada, neste caso, com manteiga e aveia. Leve ao forno pré-aquecido. O meu ficou cerca de 50 minutos, mas varia de forno para forno.

Açaí: a bomba calórica do bem. Pode isso, produção?

A produção resolveu passar essa história a limpo. Açaí é do bem ou do mal? “O pessoal que mais consome essa fruta é a nata do mundo fitness, mas também ouvi falar que tem uma quantidade de calorias danada”, pensam os duvidosos.

A resposta é bem feliz. Açaí é sim uma fruta do bem. De origem brasileira, cresce e floresce lá no norte e no nordeste do país, tipicamente da Floresta Amazônica. O modo de consumir nessas regiões chega a ser diferente do modo como é consumido no sudeste e sul. Lá, a fruta muitas vezes sai do açaizeiro e vai direto pras panelas, pra ser consumido até nas refeições principais.  Ah, mas o açaí não é muito doce pra isso? Não. O que deixa essa frutinha  bem doce (e calórica) é o xarope de guaraná que é acrescentado nos cremes de açaí muito famosos aqui no sudeste, principalmente no verão. 

O ideal seria deixar de fora o xarope de guaraná e misturar apenas com a banana ou outra fruta de acordo com o gosto do freguês. Mas isso só se você não quiser ganhar aquela riqueza de carboidratos. 

Se você é todo fitness e malha ou pratica uma atividade física mais intensa, os carboidratos do açaí e do guaraná vão se transformar em energia para o seu treino.  Reza a lenda que, em 100 gramas do frutinho, há cerca de 60 calorias. Mas, quando consumido como polpa e com xarope, esses mesmos 100 gramas vão para 110 calorias. Para consumir aquela porção bonita de açaí na tigela, é preciso gastar a energia acumulada pra ela não sobrar.

Mas vamos aos benefícios do açaí (lembrando que eles são mais eficazes quando a fruta é consumida “in natura”, assim como veio ao mundo).

Prevenção do câncer: o açaí contém antocianinas, um tipo de antioxidante que ajuda na prevenção da formação de células cancerígenas.

Controle do colesterol: devido às propriedades antioxidantes, distribui Ômega-6 e Ômega-9 no corpo, diminuindo o colesterol ruim.

Combate ao envelhecimento: pelas propriedades acima, também atua na melhora da circulação sanguínea e no retardamento do envelhecimento.

Emagrecimento: se usado e gasto nas proporções corretas (aí entra o nutricionista e o personal da academia), pode sim contribuir para emagrecer, pois suas fibras provocam sensação de saciedade.

Prevenção de doenças: por ser rico em cálcio e potássio, previne a osteoporose. A grande quantidade de ferro também combate a anemia.

Fortalecimento do sistema imunológico: com suas altas quantidades de vitamina C, o açaí pode ajudar na imunidade e resistência do corpo contra variadas doenças.   Viu só porque é bom apostar no açaí? Agora com licença que eu vou garantir a minha tigela.

Como se alimentar logo após tirar as amígdalas?

Nada me faz esquecer a sensação do primeiro gole de água descendo pela minha garganta depois que eu voltei da anestesia da cirurgia de retirada das amígdalas e de correção do septo nasal: DOR. MUITA. Parecia que tinha uma faca rasgando minha garganta porque a vida é assim, cheia de surpresas dolorosas. (Exagero detected).

Pior do que sentir dor FORTE pelo período de 7 a 14 dias é não conseguir se alimentar normalmente por um período de 7 a 14 dias. Junta dor com a fome e incapacidade de comer e o resultado é desastroso. 

Se a gente faz uma cirurgia no braço, a gente consegue comer. Na perna também. Assim como no abdômen ou no joelho. Mas é impossível fazer qualquer estrutura sólida passar pela garganta aberta e cortada após a cirurgia de retirada das amígdalas. Até líquido é quase impossível. Desculpa amendrontar quem precisa fazer essa cirurgia, mas é uma verdade verdadeira. Talvez por ter sido minha primeira (e única), eu tenha ficado atento aos detalhes.

Pois bem, e como fazer o seu corpo funcionar se ele precisa de nutrientes, vitaminas, proteínas e carboidratos para te manter vivo?

 Pra sobreviver, você vai precisar de:

– gelatina

– legumes para sopa (mandioquinha, batata, cenoura, abobrinha, abóbora e o que mais você achar necessário, até uma carne. E por que não o inhame, que já foi comentado e idolatrado em um post anterior neste blog?)

– sorvete em excesso

– frutas para sucos e vitaminas

Sobre cada um dos itens acima:

– a gelatina: ela será sua melhor amiga nos dias de pós-operatório. A gelatina tem uma consistência ideal para não incomodar ao passar pela garganta. Ela simplesmente desce sozinha, sem te pedir nada em troca. Eu particularmente só senti uma dorzinha nos primeiros dias com a gelly.

 
– a sopa de legumes: pode até ter pessoas que comem a sopa com os ingredientes sólidos após a cirurgia, mas eu quis evitar por motivos de – 1) amenizar a dor, claro e 2) preservar a garganta em cicatrização. Em casa, minha santa mãe me salvou e bateu todos os legumes no liquidificador. Ah, tudo que for ingerido deve ser frio, até a sopa batida. Se você tentar algo quente…bom, terei muita pena de você. Nessa “sopa” abaixo, tem mandioquinha, abobrinha, inhame e batata. Não parece, mas é porque tudo foi batido no liquidificador.  

– sorvete, muito sorvete: quanto mais gelado, melhor e mais rápida é a cicatrização. Claro, procure um sorvete “neutro”, como eu fiz. Por exemplo, de sabor creme. Primeiro, porque você não vai conseguir comer sabores variados (você nem vai pensar neles e sim só na dor). Depois, porque acho sabores neutros mais fáceis de serem engolidos e mais “limpos” para a garganta, já que você não vai conseguir enxaguar a boca por um tempinho. Evite sorvetes gordurosos, pois alimentos gordurosos atrapalham cicatrizações.  

– e as frutas para fazer sucos e vitaminas. Também vale incluir iogurtes aqui. Você vai precisar repor o déficit de nutrientes no corpo com frutas, iogurtes, legumes, gelatina e todos os alimentos citados anteriormente.  

Quando a dor maior passar e você conseguir comer algo sólido, tente a sopa, agora em condições normais de consistência. Depois, comece a ingerir pequenas porções de arroz, feijão, carnes moles, legumes. Tudo sem temperos fortes ou até sem tempero algum, se seu paladar aceitar. Alguns ingredientes como alho, cebola e vinagre podem ser agressivos à garganta, principalmente vinagre. (Na verdade, estou com trauma até hoje, 20 dias após a cirurgia, e ainda passo longe de tudo que tenha vinagre ou limão).

Outro item importante é que é recomendado evitar frutas cítricas. Laranja e limão, principalmente. A acidez desses alimentos vai fazer sua garganta arder como se não houvesse amanhã e você vai ficar mais dias dolorido.

Das duas cirurgias que fiz, só me incomodou a da retirada das amígdalas. Na verdade, foram retiradas não só as amígdalas, mas também a campainha, pois, segundo o médico, produziria o ronco e estimularia futuras dores. 

A retirada do excesso do osso ou da cartilagem do nariz pra corrigir o desvio de septo não doeu nada, senti apenas um incômodo.

 
Pra quem não sabe, o septo nasal é esse ossinho que separa as cavidades do nariz. O meu era desviado para a direita e não permitia que eu respirasse adequadamente deste lado. Após a retirada,  o otorrinolaringologista coloca duas placas de silicone, uma de cada lado, para sustentar a cicatrização. O processo para retirá-los, que acontece depois de uma semana aproximadamente, não dói. 

Bom, é isso. Diário do pós-operatório. 20 dias após as cirurgias, apenas sinto um leve incômodo na garganta ao ingerir algum alimento em específico. 

P.S.: a fibrina é uma substância branca que o corpo forma na região cortada e serve para ajudar na cicatrização. Parece pus, mas não é. Como meu médico, o Dr. Matheus Sgarbi, disse: “quanto mais fibrina, melhor”. Portanto, não se assustem se sua garganta estiver toda branca. Aos poucos, as áreas brancas vão diminuindo, sinal de que a cicatrização está terminando. (Captura ótima e memorável abaixo).   

Só posso desejar boa sorte para quem for passar por esta cirurgia! Mas se você for o Hulk, pode ser que sinta tudo isso de forma amenizada. Aproveite e mande um beijo pro Thor.  

 

7 hábitos do dia-a-dia que ajudam a perder peso

Abaixo, vou reproduzir uma matéria que eu fiz para o site da Jovem Pan nos meus tempos áureos de jornalismo e que já indicava minha “quedinha” por nutrição e bem-estar. Para quem quiser conferir direto do site, é só acessar o link no final da página.

Quando queremos perder peso, normalmente pensamos em rotinas pesadas na academia e dietas de redução de alimentos. Mas, às vezes, nem sempre a malhação e os cortes na alimentação nos proporcionam a perda de peso que gostaríamos. Por exemplo: você sabia que, se você costuma acordar de manhã e ir direto para a academia sem se alimentar adequadamente durante o café da manhã, você pode ganhar peso ao invés de perder?

Para esclarecer melhor sobre questões como essa, consultei a nutricionista Amanda Gatte  e organizei um guia de nutrição para seguir no dia-a-dia. Também desmistifiquei algumas histórias falsas sobre perda de peso. Veja abaixo.

1 – Beber água gelada

gelada

Para igualar a temperatura da água fria à temperatura do corpo (cerca de 36ºC), o organismo precisa de maior trabalho, gerando um processo conhecido como termogênese, onde o corpo gasta mais energia e promove a queima calórica. Por isso, se a água estiver gelada, mais esforço o corpo fará para igualar a temperatura do líquido com a corpórea e mais calorias serão queimadas. Beber em média dois litros de água por dia acelera o funcionamento dos rins, evitando a retenção de líquidos, que causa inchaço e dificulta o emagrecimento. Além disso, hidrata o corpo, previne celulite, rejuvenesce a pele, mantém o bom funcionamento de todos os órgãos e combate doenças.

2 – Correr

864825462-corrida

A corrida também deixa o metabolismo a mil. Isso acontece porque esse exercício físico movimenta grandes grupos musculares e promove a liberação de hormônios, como glucagon, adrenalina e cortisol, que estendem o tempo de gasto energético após o treino.

3 – Chá verde

3918307634-cha-verde

O chá verde possui propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, sendo muito útil para emagrecer desde que seu consumo seja aliado a uma dieta hipocalórica e à prática regular de exercícios físicos. Também é conhecido por sua ação de termogênese e oxidação das gorduras. A termogênese faz com que o metabolismo funcione mais rapidamente, o que queima mais energia do nosso corpo, evitando que ela se torne gordura e acumule. Já a oxidação de gorduras faz com que a gordura ingerida seja utilizada. A recomendação diária seria em torno de 3 copos ao dia (600 ml no total). A temperatura do chá não interfere no resultado, podendo ser quente ou fria.

4 – Alimentos termogênicos

1293446991-termogenicos

Esses alimentos são capazes de aumentar o gasto calórico do organismo durante a digestão e o processo metabólico. Os principais alimentos termogênicos são: pimenta vermelha, alimentos ricos em Ômega 3 (encontrado em peixes, como salmão e atum, e em oleaginosas, como nozes, castanhas, amêndoas), chá verde, canela, gengibre, chá de hibisco e a própria água gelada.

5 – Lanches intermediários

frutas

Muitas pessoas excluem os lanches intermediários, fazendo apenas as três refeições principais. O problema é que, quando o organismo passa muito tempo sem alimento, ele acumula gordura fazendo com que o emagrecimento seja mais difícil. Os lanchinhos entre as refeições não devem passar de 200 calorias. Algumas dicas de lanches pouco calóricos e fáceis de carregar são frutas em geral, pequenas porções de oleaginosas, porções de frutas secas e desidratadas e sucos.

6 – Dormir bem

1242057925-dormir-bem

Dormir bem também interfere na velocidade do metabolismo. Dormir menos que 8 horas por dia diminui o metabolismo de carboidratos fazendo com que você acorde sem energia e disposição para as atividades diárias.

7 – Chocolate Amargo

3181272130-chocolate-amargo

Os fanáticos por chocolate não precisam se desesperar. Chocolate amargo é energizante, pois possui cafeína, substância que promove a degradação da gordura. Pode reduzir a velocidade da digestão, fazendo a saciedade durar mais tempo. O chocolate escuro (amargo) é rico em gorduras monoinsaturadas, ajudando a acelerar o metabolismo e a reduzir a vontade de comer salgados, doces e gorduras.

Desfazendo alguns mitos

3071073524-cafe-da-manha

– Se você acha que ficar sem café da manhã vai te ajudar a emagrecer, está muito enganado. Jamais pule o café da manhã: ele ativa o metabolismo que estava lento por conta das várias horas em jejum e é o grande responsável pelo controle do nosso apetite ao longo do dia.

2938785225-dieta

– Não faça dietas muito restritivas: não funcionam a longo prazo, pois o corpo entende que não está recebendo alimento suficiente para suas funções vitais e acaba diminuindo o gasto calórico.

3659374928-alimentos-pos-treino

– Não treine em jejum: quando estamos sem comer, ao invés do exercício construir músculos e queimar gordura, acontece exatamente o oposto e você ganha massa gorda.

850640141-pos-treino

– Faça refeições pós-treino: precisamos repor a energia para que o metabolismo continue ativo e possa regenerar a musculatura.

Depois das dicas acima, vale lembrar que é importante investir em atividades físicas e em uma alimentação sempre balanceada, preferencialmente tendo o acompanhamento de um nutricionista.

Reprodução: Jovem Pan Online

Meu limão, meu limoeiro

É comum muitos nutricionistas receitarem uma dieta de água com limão em jejum para quem busca emagrecer. Mas as melhoras proporcionadas à saúde para quem consome essa fruta vão muito além.

O consumo diário de limão está associado à aceleração do metabolismo, o que resulta na melhora do processo digestivo e da perda de peso. Também é indicado para evitar gripes (vitamina C) e até acredita-se que previne o desenvolvimento de células cancerígenas.

Confira abaixo os benefícios do limão.

captura-de-tela-2013-08-01-acc80s-15-12-22-450x449

Melhor ainda é ter um pé de limão no fundo de casa. Este abaixo sou eu em casa e atrás é um limoeiro. Olha como eu fico feliz por tê-lo.

Ítalo e o pé de limão

Imagens: Horizonte MS e Catraca Livre

O CrossFit e o homem mais em forma do mundo

Muita gente olha e diz que já viu caras mais fortes. Mas quem disse que a força e a resistência estão associadas necessariamente com o tamanho físico da pessoa?

Ben Smith (abaixo) é um americano de 25 anos considerado o homem mais em forma do mundo. Para ganhar esse título, ele foi campeão do Reebok CrossFit Games, jogos olímpicos dessa modalidade esportiva que está fazendo enorme sucesso nos Estados Unidos, na Europa e também no Brasil.

ben smith

BenSmith_OHS_chipper

Mas o que é o CrossFit e o que ele tem de diferencial em relação às outras atividades físicas? O esporte é um programa de treinamento de força e condicionamento geral que explora todas as capacidades físicas de pessoas de qualquer idade, como resistência, força, flexibilidade, potência, agilidade, coordenação, velocidade e equilíbrio. Para isso, ele incorpora elementos da ginástica, do halterofilismo, do jump, da abdominal, do yoga e por aí vai longe.

crossfit 2

crossfit 3

crossfit 6

Em entrevista ao crossfit.com, Smith, que mora em Chesapeake, no estado da Virginia, disse que come quatro pedaços de bacon e cinco ovos mexidos no café da manhã. Também falou que adora almoçar guacamole com carne e jantar entrecot, que é o que o brasileiro chama de filé da costela bovina.

Apesar de parecer que essa alimentação não é das melhores para o corpo (afinal estamos falando de BACON), atletas como Smith precisam consumir muita gordura também além dos alimentos considerados saudáveis. Isso porque, ao praticar atividades físicas intensas como Smith (que vive em função do CrossFit), eles gastam uma quantidade absurda de calorias, que o corpo precisa ter no estoque.

crossfit

crossfit 7

CrossFit é uma excelente atividade para quem busca aliar várias modalidades esportivas de uma só vez e alcançar resultados rápidos. Boa opção para procurar nas academias e incluir na sua grade horária.

crossfit 4

11830803_10204695373640495_1393879102_n

11798204_10204695373480491_552034438_n

11830886_10204695373720497_2124016797_n

Imagens do site CrossFit Games e do Instagram CrossFit.

Farinha Láctea e a síndrome de Peter Pan

Não sou bebê mas de vez em quando tem Farinha Láctea aqui em casa. E tudo porque minha mãe resolveu reintroduzir essa joia rara no cardápio da família. Então, se com meus 24 anos isso soa estranho, imagina pra quem tem 49 anos (mãe, não fique brava com a revelação da sua idade).

A Farinha Láctea é um tipo de mingau criado pela Nestlé à base de cereais e é fonte de vitaminas e minerais, como vitaminas A, C,D e E e vitaminas do complexo B, além de ferro, fósforo e cálcio. Foi desenvolvida para ser um repositor desses nutrientes para crianças. CRIANÇAS, que não costumam comer tantas verduras e legumes necessários.

Mas existem adultos que sofrem da síndrome de Peter Pan e adoram reviver períodos da infância. Consequentemente, tem Farinha Láctea em casa.

giphy

Mas tem um porém: por possuir quantidades significativas de ácido, pode levar a gastrites. Portanto, quem tem gastrite, é melhor ficar longe. Quem não tem, pode ingerir, mas não sempre.

Ah, mas e o ácido? Eu penso assim: vários – VÁRIOS – alimentos considerados saudáveis contêm grandes quantidades de ácidos e a gente precisa comer mesmo assim, afinal toda dieta balanceada deve consistir de uma maioria de alimentos alcalinos mas também uma minoria de alimentos ácidos. É só usar o bom senso e beber com moderação.

O alimento sempre foi um sucesso de vendas na Europa e na América.

Ah, tem outro porém: a Farinha Láctea é um alimento calórico e contém açúcar e glúten (uma porção de 30 g ou 4 colheres de sopa contém aproximadamente 120 calorias e 22 g de carboidratos). Ou seja, se você se encontra numa dieta para emagrecer, é melhor consultar pessoalmente um nutricionista para avaliar que quantidade você pode consumir (SE ainda for consumir depois desses contras). Cada caso é um caso.

farinha

Conclusão: a Farinha Láctea ainda está em cima do muro pra mim. Pode ser tomada, mas não tanto. Mas saiba que é um alimento gostoso, ainda mais quando você mistura no iogurte e sente o crocante ou quando bate junto com leite e outras frutas no liquidificador e faz uma mega vitamina.

OMG! Olha só esse espinafre danadinho

Descobri porque o marinheiro Popeye dos desenhos animados fica tão forte quando come espinafre. Confesso que eu fiquei boquiaberto quando eu li todos os benefícios dessa verdura pra saúde.

espinafre

Há uns 10 dias eu fiz uma cirurgia – que na verdade foram duas em uma. Eu corrigi um desvio de septo nasal e retirei as amígdalas (e ainda tive parte da campainha cortada porque, segundo meu otorrino, era grande demais e fazia eu roncar – agora imagina a dor que a criatura aqui sentiu no pós-operatório, mas tá tudo bem, obrigado).

Comentei da cirurgia pra explicar minha atual fixação pelo espinafre. Pesquisando na internet sobre alimentos que ajudam na cicatrização após cirurgias, vi que o espinafre era muito recomendado. Pois bem, direto da quitanda pras panelas aqui de casa, comi espinafre cozido e ficou uma delícia. Depois de comer, fui pesquisar mais a fundo sobre o que esse vegetal poderia fazer de bom pro meu corpo. E a busca me deixou assim.

sam e jean

Eu sabia que o espinafre tinha muitos benefícios para a saúde, mas não sabia que tinha TANTOS assim. Vamos a alguns deles.

– diminui a taxa de açúcar no sangue

– controla a pressão arterial

– protege a visão contra a catarata

– riquíssimo em vitamina A, que fortalece as membranas mucosas e dos sistemas respiratório, urinário e intestinal

– também por causa da vitamina A, ajuda a ter uma pele saudável

– tem antioxidantes que previnem a osteoporose e a hipertensão

– devido a elevada quantidade de vitamina K, combate a produção de osteoclastos, células que quebram os ossos

– combate doenças cardiovasculares e o AVC (acidente vascular cerebral)

– tem fibra dietética, que auxilia na digestão e no emagrecimento

– previne gripes e resfriados

– tem propriedades que combatem o câncer

– tem efeito anti-inflamatório

– contribui para manter o sistema nervoso saudável e as funções cerebrais reguladas

Olha só essa tabela com os valores nutricionais do espinafre do site Alimentação Saudável.

Tabela nutricional do espinafre

Apesar de todas essas informações que só estão a favor do espinafre, ele também já se envolveu em controvérsias. Alguns relatos dão conta que, se ingerido com grande frequência, ele pode ter efeito tóxico! Danadinho, não é? Mas vale lembrar que TUDO o que o homem come em demasia pode ter algum efeito tóxico. Por isso, vai firme mas não enfia o pé na jaca.

Que o espinafre esteja mais presente em nossas vidas. Amém!

Fontes de inspiração: Dicas de Saúde e Alimentação Saudável

Carne de porco está liberada

Há muito tempo a carne de porco é vista com maus olhos. Mas toda a carga negativa que acompanha este produto está envolta em mitos.

Um deles é aquele papo de que carne de porco é pouco saudável e o corpo agradece se ela for substituída por carne de frango. Nem sempre. Tudo depende de como ela é ingerida. Estudamos desde os tempos do ensino fundamental que a carne de porco é responsável por causar doenças como teníase e cisticercose, através da infecção por suas respectivas larvas. Mas até aí que carne crua ou mal cozida não é berçário de doenças?

Por isso, a carne de porco deve ser servida bem cozida. Imagina só dispensar uma bistequinha de porco, ou uma costelinha?! Ou ainda recusar uma feijoada porque tem paio ou outras linguiças! Não tem cabimento uma ousadia dessas, não é?

feijoada

A carne de porco faz muito bem à saúde. É só escolher bons cortes e evitar frituras. Toucinho e bacon, por exemplo, têm muita gordura e devem ser evitados. Já a bisteca é rica em minerais e vitaminas.

Hoje em dia cai por terra a afirmação de que carne suína é mais gorda que as demais. Antigamente isso era verdade, já que a criação do animal era feita de forma equivocada e à base de lavagem, a maioria em chiqueiros nos sítios. Atualmente as empresas de criação alimentam o animal de forma balanceada com milho e rações de soja.

Nos últimos anos, a carne suína ficou mais magra, menos calórica e com menos colesterol. Para provar que a suinicultura desempenha papel estratégico, basta falar que a carne de porco é a mais consumida no mundo, sendo o Brasil um dos maiores produtores no ranking global.

Até na Terra-Média (espaço fictício criado por Tolkien para livros como “O Senhor dos Anéis”) a carne de porco mexe com o imaginário do povo, vide a cena de “O Senhor dos Anéis – O Retorno do Rei” em que o anão Gimli inveja absurdamente o fato dos hobbits estarem se deliciando com uma carne de porco (“salted pork”) e faz esta cara.

salted pork